domingo, 2 de maio de 2010

Amor além do Tempo



Tudo o que é memorável

    Não pode ser medido nem contado

Na consciência da cronologia.

Para os sentimentos eternos

O tempo não tem a significância

Na contagem dos dias

Nem na distância que separa

O que foi do que é.



A experiência divina do amor

Pode acessar a lembrança

Numa fração imensurável de tempo

Que traz novamente para o AGORA

Algo que desde que nasceu

Jamais deixou de existir

E ainda que pereça a matéria

Sobreviverá pelo eterno

Porque o amor e a alma, são unos

E jamais se extinguem, nem se separam.

2 comentários:

Mila disse...

"E ainda que pereça a matéria

Sobreviverá pelo eterno

Porque o amor e a alma, são unos"

Muito lindo isso, belas palavras...

Beijos Fernanda!

Mila

LIVRE disse...

Saudade e tempo andam juntos...assim como Amor e alma...
Bela poesia...