terça-feira, 10 de junho de 2008

Achados e Perdidos


Como explicar uma relação de amor e ódio? Amo e odeio Psicologia. Odeio o inconsciente. Odeio porque é burro. Odeio porque não separa o passado do presente. Por que não instalaram um programa com um comando para formatar o cérebro?

Já li muita coisa. Osho, Deepak Chopra, Dalai Lama, Ghandi, Louise Ray, Roberto Shinyashiki, Zibia e Luís Gasparetto, dentre incontáveis outras obras que nem lembro mais. Fiz uma descoberta que me deixou aborrecida.Quanto mais aprendo, menos sei. Parece chavão de filosofia popular e barata.

Acho que terapia deve fazer bem. Penso e logo desisto! Trocadilho idiota!

Fiquei pensando na porcaria do plural. E percebi que sou tantas pessoas que nem sei quantas. Sou esta que escreve o que pensa porque evita o choro. Sou aquela que trabalha feito louca pra fazer com que gente que eu nem conheço possa viver um pouco mais e melhor. Sou aquela que se preocupa com aquele que precisa de um denguinho no dia que não se sente muito bem. Sou aquela que enlouquece com a possibilidade de se ver longe daquele que ama. Sou a que deseja ter uma casa com 16 quartos, com uma escadaria gigante forrada por um tapete vermelho. Eu, Cinderela? Sou criança, adolescente e mulher. Também sou velha. Cuidadosa e lerda. Sou filha, irmã, amiga, cunhada, prima, vizinha, desconhecida.

Passo horas querendo o que não tenho, tendo o que não quero. Vida contraditória, estrada de mão dupla. Curvas sinuosas, perigosas. Sabe-se lá onde vai dar.

Aquele dia eu nunca mais esqueci. Ele ainda existe hoje, amanhã e depois do cerrar dos olhos. Será amanhã ou mais tarde? Era cinza ou azul? Não importa mais o que era, mas sim o que é.

Acordo e me tira logo um sorriso do rosto. Exala o perfume. O som da voz e da gargalhada. Lembrança. Saudade. Por um instante esqueço os afazeres, obrigações do meu ser plural. Espreguiço e sento na cama. E antes que o dia comece...

Por um instante... Sou... Eu... Ou você?

Amor.

2 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

O seu texto é muito bem construído, muito bem articulado. Além disso, é muito bonito. Parabéns! Postei 2 coisas num post só. Vá lá, preciso dos seus comentários.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
RS: GOSTO DO SEU BLOG. QUANDO ESTIVER CANSADA, VIREI AQUI PARA RELAXAR!

Lola disse...

Fer!!! Só vim responder seu comentário e conhecer seu blog hoje, 13 de junho! Mas menina, que boa surpresa! Adorei seu espaço, e especialmente esse último texto. Vc é psicóloga ou estuda psicologia?

Muito obrigada por visitar os neuróticos! Passe por lá mais vezes! Eu não sou uma grande "comentadora", mas já vou te add aos meus favoritos e pode ter certeza que passarei por aqui mais vezes!!!

Beijão!